sexta-feira, 11 de Outubro de 2013

Certificados do Tesouro

Conforme divulgado na comunicação social, o Conselho de Ministros veio autorizar a emissão de novos produtos de financiamento do Estado, denominados de Certificados do Tesouro Poupança Mais  (CTPM), que são extremamente interessantes na perspetiva do comum investidor, mas também para o Estado.

Principais características
- 5 anos, com um investimento mínimo de €1.000

 - Taxa de juro: 1.º ano – 2,75%, 2.º ano – 3,75%, 3.º ano – 4,75%, 4.º e 5.º ano – 5%

- À taxa de juro do 4º e 5º anos é acrescida de um prémio de 80% do crescimento médio real  do PIB

- Pagamento anual de juros

- O resgate antecipado só é possível após o primeiro ano

- Taxas podem ser alteradas por despacho, mas as taxas de juro fixadas para os CTPM na data da sua subscrição são garantidas até à sua amortização.

Como e quando subscrever


Os CTPM estarão disponíveis para subscrição a partir de 31 de Outubro, presumivelmente através dos CTT, tal como acontece com os Certificados de Aforro. Aplicando-se mecanismos semelhantes, a forma mais prática será abrir nos CTT uma conta AforroNet (serviço disponibilizado pelo IGCP), que deverá permitir subscrever e consultar a carteira através da Internet.

Nota


As taxas de juro fixadas para os CTPM na data da sua subscrição são garantidas até à sua amortização, mas uma vez que as mesmas podem ser alteradas por despacho, quando for efetuar a subscrição convém certificar-se de que taxas serão aplicadas ao seu investimento. Por precaução, diríamos que quanto mais decidir adiar o investimento, mais provável será que as taxas se alterem.

Sem comentários:

Enviar um comentário